170 mil motoristas foram pegos pelo exame toxicológico.

Matéria do Jornal Folha de São Paulo (05/10/2020), assinada pelo jornalista Thiago Amâncio, relata que desde 2016 quando o exame virou obrigatório para as categorias C, D e E, 170 mil motoristas foram pegos sob efeito de drogas no país. Tendo como maior índice a cocaína.

Para os laboratórios que realizam estes exames, a realidade pode ser ainda pior. Pois os exames realizados pelos motoristas para o CAGED, apresentam índices superiores aos da renovação ou mudança de categoria da CNH.

Leia a matéria completa em:


lhttps://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/10/exames-toxicologicos-ja-flagraram-drogas-em-170-mil-motoristas.shtml


Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.